Como Inserir Seu Blog no Google AdSense e Ser Aprovado: Guia Completo de 4 Passos

Como Inserir Seu Blog no Google AdSense e Ser Aprovado, Guia Completo de 4 Passos
Reproduzir vídeo

Você Vai ver Nesse Post:

Veja como inserir seu blog no Google AdSense e ser aprovado: passo a passo completo para criar conta e inserir código no WordPress. Confira!
Leia tudo e no final me diga o que achou. Posso contar com você? :)

Você já imaginou receber aquele e-mail tão aguardado do Google AdSense, confirmando a aprovação do seu blog? Bem, esse é o objetivo que muitos blogueiros almejam.

Mas alcançar esse marco exige alguns passos essenciais para garantir que seu site atenda aos requisitos e padrões do AdSense.

Neste artigo, vamos mergulhar fundo nesse processo, esmiuçando cada passo necessário para inserir seu blog no Google AdSense e ser aprovado.

Então, prepare-se para absorver dicas valiosas e entrar no mundo dos anúncios online de forma eficaz e bem-sucedida.

Conteúdo do Post

Passo 1: Conformidade com os Requisitos do Google

O primeiro e crucial passo para ser aprovado no Google AdSense é garantir que seu blog esteja em conformidade com os requisitos estabelecidos pelo Google.

Isso inclui:

  1. Conteúdo de Qualidade: Certifique-se de que seu blog ofereça conteúdo valioso e relevante para seus leitores. Textos bem escritos, imagens de alta qualidade e informações úteis são essenciais.
  2. Evitar Assuntos Sensíveis: Evite abordar temas sensíveis, como violência, pornografia ou discurso de ódio, pois isso pode impedir sua aprovação.
  3. Informações de Contato, Página “Sobre” e Políticas: Tenha uma página de contato e uma página “Sobre” com informações claras sobre você e seu blog. Além disso, inclua políticas de privacidade e termos de uso.
  4. Consentimento LGPD: Se você atende ao público brasileiro, assegure-se de ter as medidas necessárias para atender à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Saiba mais detalhes nos requisitos do Google AdSense.

Quer um exemplo de um blog otimizado que segue essas diretrizes? Confira o TecnologiaInfo, criado e otimizado na hospedagem Hostinger (cupom: MESAQUEMOTA para até 15% de desconto)!

Passo 2: Criar Conta e Inserir o Código no Site

Agora que seu blog está alinhado com as diretrizes, é hora de seguir para a etapa de criação da conta e inserção do código do AdSense:

  1. Criar Sua Conta: Acesse adsense.google.com e crie sua conta. Lembre-se de que cada CPF/CNPJ pode ter apenas uma conta AdSense.
  2. Inserir Código no Site WordPress: Para blogs em WordPress, você pode inserir o código usando um plugin, como o “SOGO Add Script to Individual Pages Header Footer” ou “Insert Script In Headers And Footers“. Outra opção é utilizar o Google Tag Manager.

Quer entender melhor? Assista a este vídeo explicativo.

Passo 3: Corrigir Possíveis Problemas

Para garantir um processo tranquilo, verifique dois aspectos importantes:

  1. ads.txt: Certifique-se de que seu site tenha o arquivo ads.txt corretamente configurado.
  2. sellers.json: Confirme se o arquivo sellers.json está público, contribuindo para a transparência do leilão de anúncios.

Passo 4: Inserindo Anúncios no Site/Blog WordPress

Agora que você passou pelos estágios anteriores e foi aprovado no Google AdSense, é hora de aproveitar ao máximo essa parceria monetizando seu blog com anúncios.

Veja como:

  1. Escolha de Posicionamento: Identifique as áreas do seu blog onde os anúncios serão mais eficazes. Geralmente, esses são espaços visíveis, como a barra lateral, cabeçalho e rodapé.
  2. Tamanho e Formato: Escolha os tamanhos e formatos de anúncios que melhor se adaptem ao design do seu site. O Google AdSense oferece várias opções, como banners, retângulos e links.
  3. Integração Natural: Integre os anúncios de forma natural ao conteúdo do seu site. Anúncios que se misturam ao layout tendem a ter um desempenho melhor.
  4. Balanceamento: Encontre um equilíbrio entre a exibição de anúncios e a experiência do usuário. Muitos anúncios podem afetar negativamente a usabilidade do site.
  5. Acompanhamento e Otimização: Monitore o desempenho dos anúncios por meio do painel do Google AdSense. Isso permite ajustar estratégias para maximizar os ganhos.
Host Custo/Benefício
Hospedagem de Sites ULTRA RÁPIDA com LiteSpeed

Plugins WordPress para Inserir Anúncios

Se você está usando WordPress para gerenciar seu blog, esses plugins podem facilitar a inserção de blocos de anúncios:

  1. Ad Inserter: Um plugin versátil que permite a inserção de anúncios em vários locais do seu site. Ele oferece opções de posicionamento condicional, personalização de estilos e suporte a vários tipos de anúncios.
  2. Advanced Ads: Este plugin oferece controle preciso sobre a exibição de anúncios. Você pode definir locais de exibição, regras condicionais e até mesmo testar diferentes variações de anúncios para maximizar o desempenho.
  3. Insert Post Ads: Ideal para quem deseja exibir anúncios dentro do conteúdo dos posts. Com esse plugin, você pode escolher onde exatamente os anúncios devem aparecer em cada postagem.

Lembre-se, escolher o plugin certo dependerá das suas necessidades e preferências específicas. Ao usar esses plugins, você estará bem encaminhado para inserir e gerenciar seus anúncios de maneira eficaz no seu site WordPress.

Lembre-se, a inserção dos anúncios deve ser feita com cuidado para não comprometer a qualidade e a credibilidade do seu blog. Mantenha o foco no conteúdo valioso e na experiência do usuário, enquanto aproveita os benefícios da monetização com o Google AdSense.

Conclusão Como Inserir Seu Blog no Google AdSense

Neste artigo, você aprendeu o caminho detalhado para inserir seu blog no Google AdSense e ser aprovado com sucesso. Desde garantir que seu conteúdo atenda aos requisitos do Google até criar sua conta e inserir o código, cada etapa é crucial para um resultado positivo.

Lembre-se de que a perseverança e a conformidade são a chave para o sucesso no mundo dos anúncios online.

Compartilhe

2 Responses

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.